segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

A encheção Gisele


Entra ano e sai ano e é a mesma coisa: chega a temporada de moda e a alguma marca insiste em trazer a Gisele Bundchen, nos últimos anos, a Colcci. Não estou questionando a estratégia da empresa e tal. Se continuam trazendo, é porque vale a pena e é financeiramente rentável. Mas o que já deu é o esquema de sempre: ela chega, todo mundo comenta as poucas exigências da moça, ela faz a sessão de fotos, que invariavelmente vaza na Internet, aí vai para o desfile, que faz uma operação de guerra para acalmar os mais afoitos. E a gente é obrigado a ver fotos dela em todas as primeiras páginas seguidas pela clássica "o furacão Gisele". A festa pós-desfile é sempre super-ultra-fechada e ela chega com horário marcado, direto para seu espacinho VIP, que aliás deve ser um inferno, afinal, ir a uma festa e não conversar com as pessoas deve ser muito chato. Tão chato, mas tão chato, que ela vai embora 45 minutos depois. Sempre. Aí, o dia seguinte, é sempre uma foto com ela na mesma pose a que vaza. Peço encarecidamente que se alguém conhecer a moça aí de cima, diga a ela que esse "paz e amor" já deu.

3 comentários:

Sonia disse...

É claro que ela é linda, maravilhosa, e coisa e tal, mas concordo com você, sobre as fotos: você já reparou que além do sinalzinho de "paz e amor" nunca tem ninguém na foto com ela? Quando muito, um seguranca, protegendo-a, para ninguém se aproximar. Ela não interage? Não se diverte? Não participa da festa? Azar dela!
Bj. Sonia.

eremita disse...

S'incomoda não, dou um alô p'ra ela quando a vir no Precaju.

vertigo a.k.a. mne disse...

Peço encarecidamente que se alguém conhecer a moça aí de cima, diga a ela que esse "paz e amor" já deu.

A galera vai agradecer... putz, ela parece uma debilóide com esse paz e amor dela. Cansou né?

Mas nem por isso vou deixar de dizer que ela é maravilhosa...